sábado, 16 de outubro de 2010

Primeiro Capítulo, Rubro, Evanescente 1

Capítulo 1, Nunca


                              Urubici, Santa Catarina - 2009

Algumas pessoas são especiais.
Naquele momento, eu não estava me sentindo muito especial.
Enquanto eu arrastava a minha mala mais leve, me permiti admirar a paisagem ao meu redor.
Uma coisa eu tinha que admitir, o lugar era lindo.
O prédio provavelmente devia ser barroco ou gótico, porém o que mais impressionava era que os pinheiros ao redor pareciam prestes a engoli-lo e mesmo assim ele permanecia imponente e gigantesco.
O que devia ser algum tipo de aviso.
Parei e contei quantos passos eu devia dar para chegar até o carro.
— Nem penses nisso. — Tomás disse cruzando os braços ao lado do sedam preto. — Continua a andar, minha bela.
Mostrei-lhe a língua como uma criança de nove anos. — Fácil dizer quando não é você que está andando para a forca.
— Forca? Tu sabes, sequer, quanto custa um dia num Internato como este? Anda.
Suspirei. — Mas pai...
— Sem negociações.
— Mas...
— Não tentes.
— Mas...
— Minha bela.
Fiz o meu melhor rosto sofrido. — Eu não quero ir, pai.
Tom me olhou piedosamente. — O Internato será bom pra ti, minha bela.
Revirei os olhos. — Pai, nós dois sabemos que isso não tem nada a ver comigo, e tudo a ver com tio Parsifal. O que foi que ele te disse pra convencê-lo a me prender aqui?
— Parsifal? — Tomás me olhou como se eu estivesse com duas cabeças. — Não, ele não tem nada a ver com isso.
— Então é pura coincidência um dia depois de ele lhe ligar o senhor decidir cruzar a América e me trazer aqui?
Ele deu de ombros. — Eu pensei que gostarias deste Internato. Tua mãe nasceu neste país.
— É, mas a minha mãe nasceu em Goiás, pai, não em Santa Catarina.
Tomás cruzou os braços novamente. — Existia Goiás naquela época? E desde quando tu entendes tanto de Geografia?
— Viu? Eu entendo muito de Geografia. Não preciso estudar mais. Nada de Internatos.
— O teu tio é dono do Internato, eu pensei que gostarias de estar perto dele.
— Outra pura coincidência, certo?
Tom me olhou inocentemente. — É claro, minha bela.
Semicerrei os olhos. — Por que eu estou aqui, Tom?
— Porque... — Suspirou. — Porque é melhor ires antes que eu fale algo que não deva.
— Mas essa é a intenção.
Ele franziu o cenho. — Tu estas a usar-me?
— Pai...
— Menina diabólica. Andai.
— Pai...
— Não vou cair no teu truque duas vezes no mesmo dia.
Me virei revoltada e peguei a mala de volta.
— Eu amo-te, minha bela.
Suspirei. — Eu te amo, pai. — E comecei a caminhar o mais devagar possível.
— Tu pretendes chegar lá ainda hoje?
Sorri. — Quanta pressa em se ver livre de mim.
— Eu queria que o dia de te entregar nunca houvesse chegado.
Parei, e o encarei por cima do meu ombro. — O que disse?
Ele deu de ombros. — Nem me lembro. Agora anda.
Mas eu me lembrava.
Eu queria que o dia de entregar você nunca houvesse chegado.
Tom não era meu pai biológico, mas os meus pais de verdade estavam mortos. E eu os havia visto em seus caixões, ainda um tanto azuis por causa do afogamento, quando eu tinha dez anos.
Eu queria que o dia de entregar você nunca houvesse chegado.
Caminhei para o Internato com um pouco mais de vontade. Talvez as coincidências fossem boas. Talvez lá dentro eu finalmente encontrar respostas.
E havia. Havia respostas que eu preferia não haver encontrado.
Nunca.




21 rubrettes:

Looma's Place -' disse...

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH .
JESUS ME ABANA *-*
MORRI!
Vou ler e depois eu comento'

Looma's Place -' disse...

Eu tô chorando cara!
[ eusoumuitobesta --' ]

Looma's Place -' disse...

Mas o capitulo é tão pequenino assim ? :s

PatriciaCamargo. disse...

os três primeiros são sempre pequenos na saga, mas vale a pena, não?

LERY disse...

Patricia a Mel é tão especial quanto Max!!!!!!!aaaaaaaahhhhhhhhhhh

Looma's Place -' disse...

Claro que vale a Pena Patricia!
Você nem sabe o quanto eu coloquei a minha cachola pra funcionar.. eu cheguei a sonhar com a saga, de tanta ansiedade por este capitulo.. Por isso, eu agora, tô com aquele sentimento de perda!
Mas eu adorei e eu queroo MUUUUITO que saia logo para te-lo em casa!'

Looma's Place -' disse...

E o Tumblr tá MUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUITO LINDO *-*

LERY disse...

Depois de 2 dias de pressão, eu sentia que a Paty tava me espremendo toda vez que eu falava alguma coisa na comuna, acho que ela tb queria que chegassemos aos 3000

Patricia disse...

CLAAAAAAAAARO '-' Eu AMO postar no blog, e nós vamos fazer a Saga ir pra frente, meninas! Tornaremos o mundo ruuubro *-*

LERY disse...

Patricia
Como anda o lance de publicar? vai rolar mesmo? pq a diferença entre os prologos e os capitulos do primeiro para o segundo são grandes a melhora é susbstancial...

Patricia disse...

vai rolar se conseguirmos a atenção das editoras. por isso precisamos divulgar rubro pela net toda, falando com editores e editoras '-'

LERY disse...

Hum...certo bom, se tu postares em Pdf o prologo e o primeiro capitulo vai ser uma divulgação boa...tu devia experimentar

Patricia disse...

é o que nós vamos fazer (: precisamos só do apoio de vocês.

leryane disse...

Conte comigo chérie!!!

Juuh Arruda disse...

aaaaah eu apoio, e como apoio..! \o/ vmao que vamo q rubro é nosso! :OOOOOOO

bonieeliy disse...

Hehe Nem no 1 cap a Mel deixa de ser engraçada.kkkk

Pamella Santos disse...

PAPAPAPATRÍÍCIA!!!
Ameeei o Capítulo.. voc^está de Parabééns mais uma vez...
Conte sempre com o apoio dessa aqui viiuu _o/

Luana Farias disse...

Vi vc no skoob e adorei, depois vim aq e adorei tbm queria saber se vc quer fazer parceria com o blog Partes de um Diário.

Bjs

Andressa disse...

Olá,adorei o seu livro!
Sou dona do blog Meu Mundo É Um Grande Livro,e gostaria de saber,se gostaria de estar fazendo parceria...
Muito sucesso com o livro...
Espero poder lê-lo.
Beijos
www.livros-dicass.blogspot.com

bruna disse...

Nossa Patrícia ficou demais...
Você sabe que eu sempre amei Rubro desde o começo.
Nunca deixei de amar.
E você ainda me deixa sem ar colocando o capítulo pra gente ler.
Nossa foi ótimo está perfeito.
Pode contar com o meu apoio como sempre.

Beijos amiga.

Luísa Night disse...

Pat, nossa menina, eu naum acredito! Primeiro capítulo. Fôlego Fôlego. U.U QUERO MAIS.
so assim mesmo. ENGULO TUDO! rsrsrs'

Postar um comentário